in

Definindo o preço dos seus calçados

Valor Sandálias
Valor chinelos

A princípio, as dúvidas que rondam a cabeça dos empreendedores parecem não ter fim, não é verdade?

Qual equipamento adquirir, em qual material investir, e dentre outras coisas está: a que preço eu devo vender cada unidade do meu produto final?

Pode parecer complexo, mas a resposta é bem simples, na verdade: depende de quanto você pretende lucrar com cada operação. Como assim?

Bom, para que fique bem claro, vamos em frente com o artigo onde encontraremos duas das principais opções de formação de preço de venda, bem como uma explicação básica sobre cada uma. Então, vamos lá?

Considerações

Primeiramente, é importante apontarmos alguns pontos, para que você possa ter pleno entendimento do artigo como um todo.

Em primeiro lugar, você deve ter em mente que o preço final do seu produto deve não só cobrir os gastos de produção, como também gerar um lucro satisfatório.

Em segundo lugar, o objetivo de lucro deve ser realista, tendo em mente a quantidade de vendas que você pretende fazer, bem como a realidade monetária do seu público alvo.

Isto é, não adianta objetivar um lucro de 90% sobre cada unidade se essa porcentagem fizer com que o produto fique a um preço incompatível com o capital da clientela.

Principais modelos de formação de preços de venda

Em síntese, existem duas principais modalidades para que o cálculo do preço ideal seja feito: Markup e Margem.

Ambas são bastante eficientes, posto que proporcionam um cálculo simples e de fácil entendimento, ainda que você não possua vasto conhecimento sobre matemática.

Em primeiro lugar, o modelo Markup é o mais comum dentre os pequenos empreendedores, em virtude de ser o mais simples dos dois, com fórmulas básicas e facilmente apurável.

A margem, por outro lado, é a modalidade mais eficiente, amplamente utilizada por empresas de maior porte.

Markup

Em resumo, o conceito do Markup é simples: o cálculo do preço final leva como base a porcentagem alvo de lucro sobre cada unidade produzida.

Você deve ter em mente o custo total de produção de cada peça, incluindo material, mão de obra e afins.

Só para exemplificar, vamos supor que a produção de um par de calçados tenha um valor de R$10,00.

E o lucro ideal para o produtor é de 30% sobre o valor total da produção, ou seja, 30% de R$10,00.

Então, faz-se o cálculo simples de multiplicação: 10 * 30% = R$3,00. Ao qual é somado o valor de produção.

10 + 3 = Preço de venda de R$13,00.

Simples, não é? Vale lembrar que esses cálculos são unicamente para fins de demonstração, e você deve adaptar de conformidade com os números da sua empresa.

Margem

Embora simples, o conceito de Margem pode ser um pouco mais elaborado que o do Markup, o que talvez o faça ser mais eficiente.

No mesmo exemplo anterior, vamos aplicar a Margem. Recapitulando, você deve ter em mente o custo total despendido na produção por unidade e a margem alvo de lucro.

A fórmula consiste em: preço de venda = custo / (1 – %), mas indicamos transformar a porcentagem em número decimal.

No exemplo, isto é: 10 / (1 – 0,3)

10 / 0,7 = 14,3. Ou seja, o preço de venda ideal com Margem é de R$14,30.

Para apurar o resultado, basta observar a diferença entre o custo de produção e o final, que no exemplo é: R$4,30.

Então, divide-se esse valor pelo preço de venda: 4,3 / 14,3 = 30%.

Conclusão

Afinal, é mais simples do que pensávamos, não é mesmo? Com cálculos simples e sempre apurando os resultados você certamente terá os lucros da sua empresa sob controle.

Ademais, um modelo inteligente de formação de preços de venda é importante para qualquer empresa, independentemente do seu porte.

Pois, com ele é possível ter todos os indicadores na ponta do lápis e evitar qualquer erro que possa ter como resultado uma conta insatisfatória, ou pior, prejuízo para seu negócio.

Por fim, esperamos que você tenha tido máximo entendimento sobre como formar o preço de venda dos seus produtos e esteja pronto para implementar no seu negócio. A fim de mais artigos como esse, explore nosso site. Então, até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pós Venda

Como realizar pré e pós-venda

Como definir publico alvo

Como definir e atrair o público alvo