in

FÁBRICA DE BORRACHA PARA CHINELO

Uma FÁBRICA DE BORRACHA PARA CHINELO usam o processo descrito acima em suas criações. Quanto ao processo produtivo: veja o processo em baixo.

Há quase meio século fazendo parte da vida dos brasileiros, o chinelo pode ser enquadrado como um acessório de verão. Formado por poucas tiras, deixando os pés à mostra, é um tipo de calçado identificado com o uso cotidiano e informal.

Uma característica interessante do uso do chinelo, é a sua aplicação não convencional. Seja como traves do futebol na praia ou até na rua ou como isolante para o chuveiro elétrico, a criatividade da população aproximou ainda mais o produto do cotidiano.

A matéria prima desse excelente produto são os polímeros. Um material altamente versátil devido às suas características de maleabilidade e fácil modelagem, impermeabilidade, isolante térmico, leveza e baixo custo de produção. 

Historiadores registram relatos da utilização da borracha natural por povos indígenas em diferentes localidades da América Latina, para fins recreativos como bolas para um tipo específico de jogo e também para fabricação de botas e roupas impermeáveis. No entanto, somente no século XVIII em explorações na floresta amazônica que descobriu-se a origem do material resinoso o qual os povos indígenas utilizavam: A “Hevea Brasiliensis” Seringueira.

Desde então a borracha passou a ser alvo de intenso estudo, pesquisa e utilização industrial em virtude de suas benéficas propriedades.  Porém, por volta de 1839, Charles Goodyer descobriu o processo de vulcanização, que consiste na junção de enxofre à borracha natural em altas temperaturas. Esse processo permite que o enxofre passe a fazer parte da cadeia polimérica tornando-se mais resistente, como mostra a equação química apresentada: 

Uma FÁBRICA DE BORRACHA PARA CHINELO usam o processo descrito acima em suas criações. Quanto ao processo produtivo,

é necessário o desenvolvimento de uma forma adequada, modelagem específica e adaptação do processo. Os materiais utilizados para fabricação de uma sandália são dois: a sola e a tira. A tira, ou alça, é fabricada pela injeção de composto de PVC. A sola é fabricada partindo-se de um composto de borracha (composição variável de acordo com características e custo desejados), que é misturado em Banbury, conformado em misturador aberto de cilindros ou calandra, vulcanizado em prensas sob pressão e aquecimento e, por fim, laminado e vazado.

Desde 2002 no mercado, a Eva Brasil é sem dúvida referência nacional na fabricação de BORRACHA PARA CHINELO 

A Eva Brasil investe continuamente em novas tecnologias e sistemas de produção de borracha para chinelo, buscando sempre oferecer os melhores produtos e serviços. Temos os melhores equipamentos e profissionais da área, garantindo qualidade ao produto final. 

Dispomos de uma grande variedade de cores, tamanhos e espessuras a fim de atender de forma específica a demanda dos nossos clientes.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é -vE99hWS7udf9BA0df1V75216TNlTnm9U3jPEe3b4Txi8fCPBGUBQ8jygIm32NdGLkHkYbjfCiEHAwySI8-YULr7Tu5KHPdkmwFKp-0-GfCulK6uj1JDak3Ps1sYEn89QRyuFD4C

Veja também:

Somos a MELHOR FÁBRICA DE BORRACHA PARA CHINELO DO MERCADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ONDE COMPRAR UM EVA BARATO?